Post 5/nov   Network: como construir e manter

iStock_000027394209Large1.jpg

Network: Como construir e manter uma eficiente rede de relacionamentos   


O segredo número um para se obter sucesso no desenvolvimento de uma carreira promissora é fazer Networking. Embora suas habilidades técnicas específicas e sua postura geral sejam fatores fundamentais para o sucesso, a quantidade e qualidade de oportunidades de trabalho que você encontrará ao longo do caminho vão depender muito da dimensão da sua network.


Se você questionar a sabedoria em adotar as práticas de Networking, dê uma olhada nos profissionais bem-sucedidos à sua volta – com maior frequência, notará que eles têm praticado técnicas de “Networking” por anos.

O Network é uma ferramenta de compartilhamento de recursos e contatos. Um bom relacionamento ou uma boa imagem é um grande capital. Para aumentar a rede de contatos, é importante estar aberto a fatores novos, conhecer novas pessoas, frequentar lugares.

Antes de ser uma troca de contatos com profissionais do seu mesmo patamar, a Network deve ser uma troca com profissionais de competências e esferas diferentes das suas.  Desta forma, temos muito a trocar.


A visão da imagem do profissional como um capital a ser explorado complementa outro recurso que tem sido valorizado recentemente: o capital intelectual. O conjunto de valores abstratos de uma empresa, o conhecimento e pesquisa acumulados, por exemplo, são o capital intelectual. A imagem dos profissionais e sua rede de contatos também pode ser considerada um bem para a empresa. “O profissional tem que ser um demonstrador de si mesmo”.


As redes de relacionamentos são onde multiplicamos nossas possibilidades dando e recebendo informação, conhecimentos e oportunidades, e podem ser descritas com base no antigo conceito de sinergia onde o todo é maior que a soma das partes.

A capacidade de formar a Network e é claro, mantê-la é um fator muito importante que permitirá projeção e informação. Como diz o ditado, ninguém é uma ilha. Para conseguirmos manter-nos no “circuito” é preciso construir uma rede de amizades e relacionamentos, onde podemos ajudar e ser ajudados.


Investir na construção de uma rede de relacionamentos é a melhor forma de estar sempre em evidência, bem informado e atualizado com o mercado.

Criar e manter essa rede de contatos deve ser uma prática diária de qualquer profissional, seja qual for sua idade, cargo ou área de atuação. Cultivar antigos contatos e investir em novas relações profissionais são atitudes estratégicas.

Quem ainda aposta na fórmula do “eu sozinho”, portanto, deve começar a rever os seus conceitos e passar a investir na construção da sua rede de relacionamentos.


Vagas anunciadas são a ponta do iceberg das oportunidades disponíveis. Para aumentar suas chances de conseguir uma vaga que você realmente quer, explore o mercado de trabalho não divulgado:

  1. 1.Peça dicas para familiares, colegas, ex-colegas, alunos, palestrantes
  2. 2.Monitore, mencionando o contato que lhe deu a dica
  3. 3.Envie correspondências especulativas que o representam como uma solução para um problema
  4. 4.Destaques, indicações e trabalhos de comitê aumentam suas chances no mercado
  5. 5.Contrate uma Empresa especializada em Transição de Carreira e Recolocação Profissional


 Networking Online

 

Com tantas pessoas usando o LinkedIn para avançar na carreira, você precisa se destacar da multidão:

  1. 1.Inclua palavras-chave relevantes para sua vaga e indústria em seu perfil e CV
  2. 2.Ative depoimentos - um poderoso apoio as suas habilidades
  3. 3.Adicione uma foto com aparência profissional
  4. 4.Contribua com artigos, dicas e opiniões em fóruns pertinentes para aumentar a sua visibilidade
  5. 5.Não coloque nada na internet que possa minar a sua credibilidade


Ricardo Saldanha, CEO e principal sócio da Target Outplacement, (www.targetoutplacement.com.br) especializada em Transição de Carreira e Recolocação Profissional e principal sócio da Saldanha Consulting, especializada em planejamento estratégico de RH é Engenheiro (UERJ) com Mestrado em Recursos Humanos (PUC-RJ), MBA em Gestão Empresarial (FDC), Extensão em Strategic Leadership (Escuela Ejecutiva de Madrid). Atuou como Diretor Executivo de Recursos Humanos e Diretor Executivo de Negócios em Empresas como Santander, Itaú Unibanco, TV Globo e Aracruz Celulose. Saldanha foi Vice-Presidente de Relações Institucionais da ABRH-Nacional, Palestrante da Câmera Espanhola de Comércio, Membro do Comitê Consultivo da Escola de Integração e Negócios e Membro do Comitê de Gestão de Pessoas da AMCHAM.